Acesso à Informação
Hino e Brasão

Hino de Santa Cruz do Rio Pardo
Letra e Música – Mário Nelli

I

Pelas águas tranqüilas do rio
Chegaram os desbravadores
Ao pisar neste chão encontraram a paz
Nesta terra Tão plena de amores

Repousando nos verdes dos campos
Descansados seguiram a luz
Que brilhava mostrando o caminho
Dos braços abertos da cruz

Santa Cruz do Rio Pardo nasceu
Dos seus campos progresso surgiu
Terras boas nos deram riquezas
Tanto verde que nunca se viu

Santa Cruz abre os braços, me abraça
És meu berço, presente, futuro
Teu passado tão cheio de glórias
És meu lar, és meu porto seguro
II

Os teus filhos brilhando nas artes
Nos esportes teu nome levando
Não esquecem as suas raízes
Nas vitórias que vão conquistando

Os teus campos com os seus cafezais
A lembrança que sempre hei de amar
Terra-mãe que nos dá alimentos
Tudo quanto quisermos plantar

A grandeza dos teus fundadores
É o exemplo do nosso ideal
Santa Cruz abre os braços, me abraça
Meu berço, meu princípio, meu final

Santa Cruz abre os braços, me abraça
És meu berço, presente, futuro
Teu passado tão cheio de glórias
És meu lar, és meu porto seguro
 
Clique aqui para ouvir o Hino de Santa Cruz do Rio Pardo

 

Brasão de Santa Cruz do Rio Pardo
 

O brasão municipal foi instituído pela Lei 158 de 18 de dezembro de 1962, na gestão do prefeito Onofre Rosa de Oliveira, diz em seu Artigo 2º:

“O brasão de armas da cidade e Município de Santa Cruz do Rio Pardo terá as seguintes características – escudo redondo português, encimado por uma coroa mural. No primeiro quarto em campo de blau (azul) uma cruz latina de ouro e no segundo campo de goles (vermelho) uma faixa de prata ondulante. Como suporte: à destra um feixe de alfafa e à sinistra um ramo de algodão florido, ambos na sua cor natural. No listel de prata, em letras de goles (vermelho) a legenda latina: OMNIA IN BONUM OMNIUM.”

Simbologia do brasão de armas de Santa Cruz do Rio Pardo

Símbolos interiores:

Escudo redondo português, como são os das cidades lusas, para lembrar a nossa origem, com o seu formato consagrado e em uso nas cidades do Brasil.

Campos do escudo ou do brasão:

Primeiro brasão (azul) - é a libertação, a lealdade, a intrepidez, o zelo e a glória.

Segundo brasão, campo de goles (vermelho) - é a tenacidade, o espírito de sacrifício e a luta.

A cruz latina - é o símbolo da exaltação da fé que tem levado o povo de Santa Cruz do Rio Pardo às suas esplêndidas conquistas cívicas, culturais e religiosas.

Faixa ondulante - em heráldica os cursos d’água são simbolizados por uma faixa ondulante de prata e, nesta simbologia, é o Rio Pardo que constitui a base do sistema hidrográfico do município em que com os seus tributários vivifica a terra dadivosa.

Símbolos exteriores:

A coroa mural - é de prata e se apresenta com uma torre e duas ameias por ser este formato generalizado o seu uso no Brasil, é evocação do município.

O ramo de alfafa - simboliza uma das grandes culturas existentes no município que contribui para a sua economia.
O ramo de algodão - lembra uma das culturas que promoveu, também, a grandeza do Brasil, além de lembrar a capacidade realizadora da gente bandeirante, especialmente desta região, e a sua existência no município.

O ramo de algodão - lembra uma das culturas que promoveu, também, a grandeza do Brasil, além de lembrar a capacidade realizadora da gente bandeirante, especialmente desta região, e a sua existência no município.

O listel - no fundo do brasão se vê um listel de prata em letras de goles (vermelho), com a legenda, OMNIA IN BONUM OMNIUM (Tudo para o bem de todos) e as datas 20/01/1870 e 24/02/1876: data da fundação da cidade e de sua elevação à categoria de município, respectivamente.